O que Você Guarda no Baú de seu Coração?

Vivemos em um mundo onde as emoções reais estão cada vez mais sendo descartadas.

As pessoas falam bom dia sem realmente desejarem que a outra pessoa tenha um bom dia.

As pessoas mandam cartões de aniversário, de natal ou de qualquer outra festividade, mas sem de fato se importarem.

E isto acontece porque a maioria das pessoas não toma conta do Baú do Coração, e este Baú é até mais importante do que o cofre onde fica seu dinheiro no banco ou o que você guarda em sua geladeira.

Precisamos estar sempre conscientes de nossos pensamentos para que eles não acabem abalando o termômetro de nosso coração, deixando-o muito frio e também para que eles não acabem escorrendo pela nossa garganta e entulhando nosso coração com aquele peso típico de grilhão de prisioneiro, que só serve para nos fazer nos sentirmos mal.

Às vezes surgem pensamentos cheios de trapaça que nos enganam e fingem ser nossos amigos, mas que com o tempo, só servem para pesar ainda mais no nosso Baú, e no fim, somos nós mesmos que teremos que carregá-lo para todos os lados depois.

Mas qual é a solução? Existe um manual de como usar esse Baú? Sim, e a única maneira de lidar melhor com nosso Baú é sabendo depositar nele as emoções de verdade que são como nosso mais precioso tesouro e que conseguem aquecer nosso coração, sem ter medo delas, mesmo que os outros falem que elas são descartáveis, contanto que não sejam para você. Então as acolha e as guarde no lugar certo.

Deixe uma resposta