Vozes da Chuva

Às vezes precisamos parar e ouvir só as vozes da chuva
e limpar o coração de toda a maranduva.
Às vezes precisamos respirar fundo
e calar a mente de todo o barulho do mundo.

Às vezes precisamos apenas nos desligar
para que possamos pôr nossas emoções no lugar.

Às vezes precisamos fugir
para encontrar o tesouro do silêncio a refulgir
naquele espaço mais oculto de nossa alma
e que é onde podemos encontrar o real conforto que nos acalma.

Para quê viver com tanto stress e ansiedade?
Com esses nervosismos de uma pressa cheia de futilidade?
Às vezes podemos só nos aquietar
e nos pôr as vozes da chuva a escutar.

Deixe uma resposta