Caminhando por Espinhos

Existem dias que são muito cinza,
que parecem não ter nenhuma tinta.
São aqueles dias de dor,
cheios de espinhos em seu corredor.

Mas são os espinhos do que nós mesmos plantamos.
Tinta cinzenta que nós mesmos nos pintamos.
E é difícil juntar os cacos
e continuarmos mesmos já fracos.

Mas não há outra escolha além de seguir em frente,
porque é necessário jogarmos mais uma semente.
Mesmo quando é aquele dia nublado
tão frio, mas não podemos parar nosso arado.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta