Dando o Troco

Você sempre disse que eu não iria conseguir.
E quando eu falava de meus sonhos só ficava a rir.
Boba fui eu em cair em seus papos de duas caras,
dizendo que era para meu bem, mas agora te vejo sem máscaras.

Tenho raiva só de pensar em quanto em você acreditei.
E agora eu vejo o quanto que por causa disso eu só ralei.
O tempo todo fazendo minha caveira.
O tempo todo sendo um diabo, enquanto para você fui uma freira.

Como nesse mundo há gente cheia de hipocrisia,
que não obedece nenhuma lei, que age com heresia,
mas paga tão bem de santo…
Coitado de quem cai em seu canto!

Mas eu cansei de ser otária
e de ter você em minha vida, grudado feito um pária.
Eu abri meus olhos e estou a partir.
Hoje sou eu que te dou o troco: vá à outra iludir.

Deixe uma resposta