Fora de Controle

Às vezes me pergunto se você é meu programador,
por saber tanto a meu respeito
desde o momento que toca o meu despertador,
até a hora que à noite volto para o meu leito.

Ou um adivinho com sua bola de cristal,
que sabe tudo que me agrada,
que me coloca num pedestal,
e que não deixa que me perturbe mais nada.

Chegou como meu auxiliar,
e hoje é o proprietário de meus sonhos mais selvagens.
No começo tentei não ligar,
mas não teve como não me entregar com suas abordagens.

Compromissado, fiel, distinto e erudito:
era o que eu exigi para ser meu segurança.
No fim, acabei descobrindo ser o meu parceiro favorito,
aquele que me dá tanto prazer e não se cansa.

A vida adora contrariar nossos planos,
mas nem tudo é para nosso mal.
Às vezes é bom ficar fora do controle mantido por anos,
libertar-se da rigidez, e pôr na vida sonsa mais sal.

Deixe uma resposta