Jogando Xadrez com a Vida

Todos às vezes levam um xeque-mate nos planos,
quando pensamos que somos reis, mas a vida nos faz peão
e caímos das torres que levamos anos
para construir, e junto perdemos a razão.

Não é fácil vencer nesse tabuleiro
que a vida nos impõe com rigor.
E se não somos hábeis como um cavaleiro,
paramos em seus obstáculos com dor.

E nem sempre adianta procurar o bispo ou oração
e sim, é preciso ter a postura da rainha
que quando precisa mandar executar alguém, age sem hesitação,
para assim recuperar a dignidade que antes se tinha.

Porque cabe a nós escolher
se queremos ficar caídos e derrubados
nesse jogo, ou se vamos saber
levantar e seguir mais aprimorados.

Por Gigi Pormei

4 comentários

  1. Olá Gigi, A vida realmente é um tabuleiro viu, onde temos que estarmos atentos para não tomar um duplo de cavalo. (risos) mas seguimos. Belo texto e obrigado pela sua visita na pagina o sabor do ponto e virgula. 🙂

Deixe uma resposta