O Céu é o Limite

Eu ainda penso naquela nossa noite tão quente,
em seus toques, em seus gemidos,
em como eu era dona do seu prazer, e como quem pressente,
sei que logo teremos um romance como daqueles dos livros mais lidos.

Por enquanto, vou te esperando de aeroporto em aeroporto
até que enfim nossos destinos voltem a se cruzar.
Só que sem você meu leito fica tão morto
de fome, carente de nossos corpos a se amar.

Mas quando o fim de semana enfim chega
e deixamos de lado seu terno e meu blazer,
sei que é hora de acabar com nossa adega,
mergulhando nosso amor em noite intensa de prazer.

O céu é o limite de nossa paixão,
que não conhece nem linhas nem fronteiras.
Juntos, nossa corrente sanguínea vai mais rápido que um avião
nessa aventura louca, recheada com nossas sensuais maneiras.

Por Gigi Pormei

2 comentários

Deixe uma resposta