A Cura

Parecia um feriado normal,
e eu nem imaginava o mal
que me esperava ao vir pela esquina,
bem quando eu passava, levando batida de forma repentina.

Por sorte fui levada não a um hospital,
mas foi claro de que eu estava no paraíso o sinal,
quando te vi em seu jaleco branco,
que deu até em meu coração solavanco.

Você me curou do pior de mim
ao me mostrar que ainda não era meu fim.
Você não só me deu alta,
como veio completar tudo que em mim fez falta.

Seus beijos viraram a vacina para toda minha doença,
e seu abraço é o remédio que me enche de benquerença.
Seu carinho é o mais perfeito comprimido,
para meu coração tanta vez partido.

Sem dúvida, há males que vem para o bem,
e toda vez que você me fala “fica bem”,
saiba que já estou ótima, e você me trouxe a recuperação
da fé no amor, que em mim já estava em degeneração.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta