Plante mais Amor e menos Dor

Se é verdade o ditado de que colhemos o que plantamos,
então precisamos observar tudo que ganhamos
com cada ação nossa e refletir se é o que queremos,
ou se pelos resultados pífios ou errados sofremos.

Devemos olhar com amor para nosso interior
e vermos se estamos nos oferecendo nosso pior ou melhor,
pois isso vai acabar refletindo em nossas atitudes externas
e nos levando ou não para caminhos bons ou maus para nossas pernas.

Às vezes, achamos ruins e reclamamos do que estamos coletando,
mas para tudo existe o preço que estaremos pagando,
gostando ou não, e se vamos obter lucro ou prejuízo
no final das contas, só depende de nossa própria consciência e juízo.

Há um equilíbrio no Universo muito justo,
e é ele que determina de tudo seu real custo.
Basta observar e você verá que as coisas funcionam melhor com o amor,
e que elas vão mal quando há dor e ódio; então, não plante dessa flor.

Todos nós ganhamos ao nascer um jardim
e somos nós que escolhemos se ele terá rosas ou só capim.
Assim, cuide bem de sua semente,
olhando e desenvolvendo para o bem aquilo que você sente.

Deixe uma resposta