10. O Segredo da Rainha

A sorte de Onire foi que naquela época ela teve que rumar
até a terra de uma tribo com doenças solares para a curar,
e como levou meses preparando mais magos em médico treino,
descobriu o doce proibido e ia prová-lo bem longe do reino.
Quando retornou, já estava com Luniel enrolada em um pano,
e fingiu que tinha a recolhido largada em um pântano.
O povo aceitou, e Ministros votaram a criação em unanimidade,
mas a administração de Volata devia ser prioritária à majestade,
que exagerou com a “socorrida”, só tolerando rápidas visitas,
sempre cronometrando minutos em relógios com ricas pepitas.
Até isso parar ao abrir dos olhos de Luniel, e todos para fora,
aborrecidos e crendo por sete anos em contagiante “catapora”.

(Comente e compartilhe meu eBook “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta