12. Viagem Fascinante

A meta era ver se havia no serviço da rainha algo mais divertido
e, no meio da carga, refletia que faria o passeio ser bem curtido,
checando pela janela a cidade agitada com seres indo no bazar,
comendo pastéis de pedra mole e rindo com jogos de azar.
Nas galerias, crianças usavam pequenos cristais como petecas,
e múltiplas eram as esquinas com lotados cinemas e discotecas.
Luniel estava admirada quando a caleça subiu, e viu o contraste
entre os túneis e o solo acima triste e cinza, vítima do desastre,
marcado por crateras usadas para técnicas contra a gravidade
– para tropas andarem sem sair do chão, a tal antiflutuosidade.
Todavia, tudo passou rápido e um lagarto berrou estridente,
anunciando a chegada a um templo resplandecente.

(Continuação do meu eBook: “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados“. Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta