Nova Identidade

Nem mais parece que nascemos de uma humana,
mas sim que somos gerados em uma fábrica.
Todos nós somos desde pequenos rotulados de forma desumana,
obrigados a seguir doutrinas; na nossa pele de outros, uma rubrica.

Cadê nossa liberdade?
Por que tanta mordaça e censura?
É preciso ter coragem de buscar nova identidade;
de largar os moldes e velhos formatos; de aceitar sua própria loucura.

E ainda que haja quem te abandone pelo que você é,
que se afaste, e que se assuste com quem você se tornou,
o melhor é em si mesmo nunca perder a fé;
olhar no espelho e honrar quem nunca te deixou.

Muitos ainda vão tentar te atingir.
Mas o maior escudo é em si mesmo sua confiança.
E se a cada golpe você continuar a sorrir,
logo de te derrubar todos vão perder a esperança.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta