Hashtags

Nossa paixão não é só hashtags,
é amor que não cabe em pouca tags.
Escapando do digital
luxúria a dois, toda natural.

Noites e dias repletos de nossas tecladas,
de mensagens sem-fim, apaixonadas.
Nosso amor foi se formando,
em linhas nosso desejo decodificando.

Você é o bit que faltava em meu código.
E mesmo que riam quando eu digo
que nosso amor não cabe nem em terabytes,
não importa, porque é sim maior do que geobytes.

E não vai ser com poucos caracteres
que vão expressar de nosso afeto seus poderes.
Só você pode em mim o maior desejo ligar.
Juntos nosso olhar mais do que telas ficam a brilhar.

Por Gigi Pormei

Por mais Hashtags de Amor!

Recentemente tenho aumentado meu uso do Twitter, e saí da posição passiva que ocupei por anos de apenas observar os tais dos “trending topics”.

Vi e ri muito de vários eventos que marcaram os últimos anos, porém só agora que em nome de minha carreira literária resolvi começar a me posicionar e também por causa de um curso novo de Marketing que comecei a fazer.

Mas não sei se tenho entrado em horários que não estava no topo, só que a impressão que ando ficando é que ainda há muito mais troca entre as pessoas de críticas do que de amor e de companheirismo, o que é uma pena.

Talvez eu seja apenas uma gotinha no oceano de palavras da internet, entretanto continuarei divulgando minhas mensagens de amor por lá e por aqui.

Não que eu não entenda que é natural as pessoas gostarem do famoso “ver o circo pegar fogo” ainda mais enquanto ainda não temos a abertura dos eventos culturais para nos distrair, só acho que uma melhor dosagem e uma busca por equilíbrio tanto no ato de postar quanto de ler é importante, se não a internet que pode ser um espaço tão importante de diversão e reflexão, vai virar um terrível campo de batalha e acho que no fundo ninguém quer exatamente isso.

E você, que tipo de hashtags anda publicando?

Espero que tenham curtido a Poesia de Hoje!

2 comentários

Deixe uma resposta