Amante do Poder

Não tenha vergonha de seu poder e força
porque todo aquele que por algo maior se esforça,
não pode ser esquecido nem ser rebaixado.
Por isso, levante-se e não fique ajoelhado.

Diante de injustiças muitos perdem a vida.
Sangue se envolve nas madrugadas das histórias
que ilustram velhos jornais – provas de uma humanidade perdida
em atos irracionais e infantis que a levam para derrotas vexatórias.

Isto porque poucos admitem seu amor pelo poder
e aceitam o imperdoável, só ficando a sofrer.
Engolindo desaforo, sentindo sua vontade se esvair
como a areia de uma ampulheta até o fim a cair.

Não seja aquele que só voa quando sonha,
que se contenta com um bife podre no prato
para não ter que dar um basta segurando uma coronha
por ter deixado a justiça ser mero imaginado ato.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta