Condenação

Não me venha com suas condenações,
tentando me prender em seus jogos de culpa.
Sou a águia que rompe as grades de suas enganações.
Não tente buscar algo que outra prisão para mim esculpa.

A liberdade é meu codinome
e não me interessa se para você
isso é loucura, e quer sujar meu renome
porque já sou livre e não estou a sua mercê.

Sei que você apenas não aguenta meu lado selvagem.
Tenho a força da natureza e dos cosmos comigo.
Então, não tente me desmotivar, tirar minha coragem.
Já sei que meu interior é meu verdadeiro abrigo.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta