No Fundo do Porão

O que você guarda no fundo do porão de sua mente?
Será que existem janelas por onde entram a luz,
ou é lá onde está o monstro que te arranha com sua cruz
e que você tenta esconder veementemente?

Meu olfato para suas mentiras se tornou aguçado,
e por mais que você tenha essa expressão angelical,
com toques quentes e palavras com efeito em mim sobrenatural,
eu vejo dentro de seus olhos o lobo por meu sangue esfomeado.

Mas não é justo que eu pague pelos crimes que você cometeu.
Pare de querer me marcar com seu mesmo trauma,
tentando levar para o inferno que você administra a minha alma
tão pura, inocente e que não tem culpa pelo o que você viveu.

E por mais que você tente me esmagar com seu poder,
contatos e influência, querendo ser a estrela que me devora,
não pense que vai ouvir de mim a voz que por clemência implora!
Vou sair desse cárcere privado que é ao seu lado permanecer.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta