58. O Mal e Suas Inúmeras Táticas

O rei determinara a realização dos testes na costa marítima
com recife de lava cristalizada que se assemelhava com a vítima,
e condições para cientistas estudarem bombardeio inofensivo
às gemas, mas não ao solo de polpa aberta de modo incisivo
para a mineração e expondo rebeldes em cantos estreitos
ruins aos solares que os evitavam para não serem seus leitos.
Isso facilitaria a captura, sem agirem tais vermes em fruta.
Mas não poderiam acertar próximos escravos de forma bruta,
o que justificava todo o investimento para a “bomba perfeita”.
Tudo fora lido em documentos pela triste volatiana eleita.
Rasgou-os e olhou as telas querendo quebrá-las com socos,
porém, quis antes analisar mais para logo os pôr em sufocos.

(Comente e compartilhe meu eBook “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta