Cancelamento

Eu não vou mais me imobilizar
diante de sua placa de pare, de cancelamento.
Não adianta meu caminho com cones e cavaletes bloquear,
nada vai parar meu espírito em constante movimento.

Não tenho medo do seu governo totalitário.
Não estou nem aí para suas leis fajutas.
Ainda que minha voz não esteja no rádio ou no da TV noticiário,
todo dia eu treino para vencer as próximas lutas.

Mesmo que você tenha em um deserto me exilado,
foi ali que plantei meu jardim mais vasto.
Jogo no lixo – sua aprovação e validação estão de lado.
Todo meu velho ódio se tornou um pensamento casto.

Não preciso do seu mundo, quando já tenho meu canto.
Não preciso de seu suporte, quando já tenho meu próprio brilho.
Depois que achei meu lar dentro de mim, não há mais planto.
Apesar de tudo que você me fez, coloquei minha vida de novo no trilho.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta