65. Desgaste e Dúvidas

“Por que é tão piedosa?”, Lapilli perguntou feroz e retumbante.
Para ela, mereciam compaixão apesar de ato decepcionante
e queria dar o exemplo em nome da paz com empenho.
Lapilli achava um perigoso altruísmo, mas persistiu no engenho,
advertindo-a que deveriam ter mais cautela e evitar prejuízo.
Concordou a contragosto, compenetrada no próprio juízo,
olhando nos grânulos do solo até que viu uma mancha
que logo enegreceu o chão como se a derrota quisesse cancha.
“Sua sombra é larga, hein, Lu?”, brincou Lapilli e ela sem rumo,
com visão turva do terreno e de achar um fim para seu prumo.

(Comente e compartilhe meu eBook Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta