Pés Feridos

Entre tantos caminhos e percalços
não tem como não ficar com os pés feridos.
Na bifurcação errei a estrada e fui a um paraíso falso.
Cheguei no inferno com seus labirintos ensandecidos.

A jornada que jurava estar certa, estava corrompida.
De repente meu mapa para mim me mentiu.
Porém, aqui tive que aprender a caminhar sobre brasa incandescida.
E assim, um segredo encontrei na paisagem que me distraiu.

De repente o véu da ilusão diante de mim caiu,
e pude a verdade enfim enxergar.
Todos os caminhos lá foram estavam errados e seria inútil
seguindo os passos dos outros continuar.

E foi melhorando minha própria caminhada,
que encontrei uma saída da perdição e confusão.
Curei meus pés com a melhor pomada:
guiar meus passos pela voz de minha intuição.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta