Camuflagem

Procuro no armário algo novo para minha camuflagem.
Já fui um pouco de tudo, já fiz vários papéis.
Compro mais uma peça de roupa ou outro estojo de maquiagem?
Não sei se coloco outro chapéu ou se coloco mais anéis.

Às vezes tudo que queria era ser invisível.
Tento andar debaixo dos postes sem luz para a escuridão me encobrir.
Mas mesmo com uma cortina em frente de uma estrela, ela será visível.
Se não sou como ninguém, é melhor minha autoaceitação logo assumir.

Quanto tempo perdi tentando ser outra pessoa,
Viver na pele dos outros só tornou minha vida mais feia.
A vida já te deu o papel que com sua alma melhor ressoa.
Se já tenho minhas própria história, não preciso invejar a alheia.

Por Gigi Pormei

Deixe uma resposta