90. Salve-se Quem Puder

Shal-Rá com seu cobertor tinha encarapuçado guardas,
assim, crianças correram até Caverian, todas cheias de sardas.
Lunares eram fracos à luz, então elas seriam mortas cascas
se não usassem o creme que ele criou, já com queda de lascas.
Nanchê foi à ala dos consertos de jipes, rindo com macaquices.
Então avisou os garotos sujos de graxa com suas esquisitices
sobre a alforria, tal como Ferriah aos com canetas coloridas
anotando lições perversas das aulas recentemente assistidas.
Jogaram o material eufóricas, e Caverian as levou à liberdade.
Do outro lado, viram Luniel e Lapilli que abraçou a irmandade.
Quis falar e a amiga traduziu, oferecendo apoio conveniente,
pois era ruim viajar sem lei e agradeceram o ato beneficente.

(Comente e compartilhe meu eBook “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta