91. Nova Aliança

Lapilli a cobriu de elogios comprovando que era de confiança.
Souberam que ir até o estacionamento era uma destemperança
que iria muito mais lhes extirpar a vida do que ser de serventia.
Antes mesmo de choro, a turminha viu que sedas já a espremia.
Luniel fez magia para que todos ficassem em nova dimensão
com peso amortecido pelos panos e com mantida proporção.
Lapilli mostrou medalhão com o mago, e Luniel ouviu surpresa
informações de lunares de cabelos roxos presos na realeza.
Lapilli pediu para voltar à estrada por saber o caminho para lá.
Mas como o castelo mudou, seriam guiados – ideia nada má -,
desde que ela fizesse magia de voltar à lua por ser mais seguro
do que se fossem sós e expostos a perigos em iminente futuro.

(Comente e compartilhe meu eBook “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta