94. A Força do Coletivo

Passaram a planejar tão rápido que quase deu um nó nas ideias:
Shal-Rá vira com mais lâminas que de pernas têm centopeias
uma chapa que descia nos que abaixo fossem acorrentados.
Caverian pensou nas sedas jogando os militares ali atados,
e para a falta das já arrebentadas, usariam força telecinética
para puxar alavanca e manter presa embaixo a tropa patética.
Assim, o que parecia causa perdida virou sangue em esguicho.
Fora de risco, soltaram-se e enfaixaram Luniel com capricho.
Pálida e ferida; sozinha teria morrido, e Ferriah citou remédio
de reenergia, usado para recuperar cobaias em outro prédio.

(Comente e compartilhe meu eBook “Sol e Lua: A Profecia dos Corações Carbonizados” e ajude a divulgar mais a poesia nacional! Ficou na curiosidade? Então continue no Link: https://gigipormei.com/category/meus-livros/sol-e-lua-a-profecia-dos-coracoes-carbonizados/)

Deixe uma resposta